HUM TUPÃ

JORNAL DIÁRIO — Em assembleia geral realizada na noite de quinta-feira, na Sasmt (Sociedade Amigos dos Servidores Municipais de Tupã), os servidores públicos municipais rejeitaram as propostas de reajuste salarial oferecidas pela Prefeitura de Tupã. A medida já era esperada. O advogado do sindicato, Sidinei Mendonça de Brito, explicou que agora a entidade fará uma nova proposta ao prefeito Caio Aoqui (PSD). "O sindicato sempre está procurando melhorar a vida dos trabalhadores. O trabalhador municipal não é valorizado. Há trabalhadores com mais de 30 anos de serviço prestado ao município que recebem cerca de R$ 1,3 mil. Isso é desumano", disse, de acordo com as informações do Jornal Diário. "Às vezes, a insalubridade que ele não recebe, nós vamos pleitear junto ao governo municipal e, se a prefeitura não concede, movemos ações na justiça, como já temos vários processos, sempre procurando a melhoria de todos os servidores, como equipamentos de proteção individual que muitas vezes eles não têm", completou. Propostas rejeitadas Os servidores rejeitaram as propostas de reajuste de 10,06% no salário e 10,06% no vale-alimentação sem acréscimos na assiduidade. A segunda proposta é o reajuste de 10,06% no salário e 10,06% no vale-alimentação, incrementando a assiduidade ao salário. "A votação foi democrática e as duas propostas da prefeitura foram rejeitadas", disse o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Marcos Antônio Barbosa, o "Borracha", após a assembleia. "Os servidores recusaram. A assembleia é soberana. Nada é decidido sozinho", completou. Em contrapartida, os servidores presentes na assembleia solicitaram a incorporação linear de um abono e um reajuste no valor do ticket alimentação. "Borracha" explicou que os funcionários da prefeitura solicitam o valor do ticket alimentação igual ao que é pago aos servidores da Câmara Municipal. "Nada mais justo. O servidor de carreira da prefeitura tem um ticket de R$ 330,00 e, merecidamente, os servidores da Câmara pos-suem um ticket de R$ 728,00", disse. Atualmente, o servidor de carreira da prefeitura ganha, em média, cerca de R$ 150,00 com o benefício da assiduidade. "Essa é uma gratificação importante principalmente para quem ganha menos", disse "Borracha", ao destacar que a situação dos servidores da prefeitura está muito difícil. "Antigamente o servidor fazia bico para trazer algo diferente para casa. Hoje, ele faz para complementar o salário e não tem mais condições", completou. Desde o início da campanha salarial de reajuste o TupãCity tenta contato com "Borracha" para informar e nos conceder uma entrevista sobre o assunto. Até o presente momento, os pedidos da equipe não foram atendidos pelo líder sindical. O espaço segue aberto para quaisquer manifestações.

Com informações do Jornal Diário.

unidade de hidratação

Compartilhe:

Receba Notícias do TupãCity pelo Whatsapp


Participe dos nossos grupos

Fique informado em tempo real sobre as principais notícias de Tupã e região.

Instagram