Paineira Tupã

A Prefeitura de Arco-Íris preparou diversas atrações para comemorar os 26 anos do município. A programação começa já no dia 23 de março, uma quinta-feira, com show gospel da cantora Ana Nóbrega. No dia 24, sexta-feira, show com a dupla e Heitor. E no sábado, dia 25, fechando com chave de ouro a programação, o show é por conta de João Bosco e Vinícius. O prefeito da cidade, Aldo Manzano, frisou que todos os shows serão gratuitos à população. "Vale lembrar ainda que haverá praça de alimentação durante todos os dias, com produtos fornecidos por comerciantes locais", destacou. Os shows serão realizados na Rua Vereador José Pimentel Neto, ao lado da Promoção Social.

HISTÓRIA DE ARCO-ÍRIS O surgimento do vilarejo de Arco-Íris deu-se no ano de 1928. Nessa época, em virtude da fertilidade de seu solo, e a existência de grande quantidade de madeira de lei, despertou o interesse do Sr. João Florenço, seu pioneiro, que na ocasião residia na cidade Glicério, região noroeste do Estado. Numa gleba de 15 alqueires de terra, derrubou a mata, plantando cereais. Em seguida, outros pioneiros chegaram ao vilarejo, dentre eles, os senhores Aurélio Moreno Zamora e José Morábito. O senhor Aurélio Moreno Zamora, oriundo da cidade de Braúna, igualmente abriu o seu sítio, construindo na ocasião, a primeira casa de tijolos no vilarejo, já com o nome de "Vila Santa Helena". O interesse pelo local foi despertado por outras pessoas, chegando também outro pioneiro, o Sr Joaquim Dias de Souza, mais conhecido como Joaquim Piauí, instalando no vilarejo, o primeiro armazém da Vila Santa Helena, onde hoje está localizado o cento urbano. O Sr Aurélio Moreno Zamora, verificando a grande atração que a região apresentava, cuidou de proceder ao primeiro loteamento de Santa Helena. Nessa ocasião instalou a primeira serraria, com o objetivo de aproveitar o grande manancial de madeiras existente. A seguir implantou também um gerador de energia elétrica, que durante um período da noite, atendia as residências e estabelecimentos comerciais existentes, e face a produção do café na época, instalou também uma máquina de beneficiamento de café para atender os proprietários rurais e os arrendatários. Em virtude do crescimento da Vila Santa Helena, e o conseqüente aumento de proprietários de sítios, como também a vinda de outros moradores, o Sr Aurélio Moreno Zamora implantou um loteamento, o mesmo se deu com o Sr José Morábito, que também implantou outro loteamento no vilarejo, sendo que tais empreendimentos colaboraram sobremaneira para a vinda de mais moradores. Em razão de a possibilidade de elevação a Distrito, da Vila Santa Helena à categoria de Distrito, passou-se a discutir a mudança do nome de Vila Santa Helena para um outro nome, estabelecendo-se aí, em comum acordo entre principalmente, esses dois pioneiros, o nome de ARCO ÍRIS, o que concretizou, com o advento da Lei Estadual nº 233, de 24.12.48. O Distrito de Arco Íris, pertencente ao Município de Tupã, foi criado pela Lei Estadual nº 233, de 24.12.1948, e instalado em 01.01.1949. Popularmente, há quem diga que o nome dado à cidade de Arco Íris, que o Sr Aurélio Moreno Zamora tinha interesse que o nome de Santa Helena continuasse; porém o Sr José Morábito, insistia na mudança para que distrito passasse a chamar-se Bom Jesus, e, depois de várias discussões, não chegaram a um acordo sobre a pretendida mudança, - daí o lado pitoresco - que um dos interessados, disse, como não será colocado o nome de meu interesse, pode colocar qualquer nome, até "arco da velha", se quiserem, neste momento, o outro interessado respondeu-lhe - está aí - vamos colocar o nome de Arco Íris, daí por diante, adotou o nome Arco Íris para o distrito. O Município de Arco Íris foi criado pela Lei Estadual nº 8550, de 30.12.93 e publicada no DOE de 31.12.93, foi instalado em 01/01/1997. Foi eleito seu primeiro Prefeito Municipal o Senhor Geraldo Borges de Freitas Filho. A Câmara Municipal é composta de 9 (nove) Vereadores. O Posto Indígena Vanuire é formado por uma população indígena de aproximadamente 156 habitantes, entre Índios Caingangs e Krenaks. O município de Arco Íris tem divisores com os município de Tupã ao lado sul, com o município de Iacri ao lado oeste, com os municípios de Santópolis e Luiziânia ao lado norte e com os municípios de Queiroz e Herculândia ao lado leste. O município de Arco Íris dispõe de linhas de ônibus com ligação com a cidade de Tupã, a partir daí, com conexão com outras cidades. O meio de comunicação mais eficaz é a telefonia. Seu relevo é relativamente plano, com vegetação rasteira e destacada referência à agricultura e pecuária de leite e de corte. O município de Arco Íris tem clima temperado, contando ainda, em seus divisores com os rios Aguapeí ("feio"), Caingang e Sete de Setembro. Fonte: Prefeitura de Arco-Íris

Redação TupãCIty

HUM TUPÃ

Compartilhe:

Receba Notícias do TupãCity pelo Whatsapp


Participe dos nossos grupos

Fique informado em tempo real sobre as principais notícias de Tupã e região.

Instagram