HUM TUPÃ

A Coreia do Sul abandonou sua contagem tradicional de idade, em que os sul-coreanos já nasciam com 1 ano e adicionavam outro a cada 1º de janeiro. Desde quarta-feira (28), o país passa a adotar o padrão internacional.

Com a mudança, as pessoas ficam até 2 anos “mais jovens”. O primeiro-ministro do país, Han Duck-soo, por exemplo, nasceu em 18 de junho de 1949. Na contagem anterior, tinha 75 anos. Agora, passa a ter 74. Já Jungkook, da banda BTS, estava com 25 e passou para 23. O ídolo de k-pop volta a comemorar seus 24 anos em 1º de setembro.

Depois de anos de debate, a Assembleia Nacional da Coreia do Sul aprovou a mudança em dezembro. No projeto, justificou que a nova regra “resolveria a confusão social causada pelo uso misto de cálculos de idade e os efeitos colaterais resultantes”, segundo o Korea Times.

Registros médicos e documentos jurídicos, por exemplo, usam o sistema internacional desde a década de 1960 e, por isso, não sofrerão alteração. Outros documentos oficiais, que usavam a contagem tradicional, vão ser modificados.

Um 3º método de contagem de idade também é utilizado no país. Nele, as idades iniciavam no 0 e é adicionado 1 ano todo 1º de janeiro. Inicialmente, este método permanecerá em vigor, de acordo com o jornal coreano.

A princípio, a mudança não proibirá as pessoas do direito de comprar cigarros ou álcool. Também não impactará no ano escolar, nem no alistamento obrigatório.

Uma pesquisa feita pela Hankook Research, em janeiro de 2022, mostrou que 3 em cada 4 sul-coreanos são a favor da padronização.

Santa catarina

Compartilhe:

Receba Notícias do TupãCity pelo Whatsapp


Participe dos nossos grupos

Fique informado em tempo real sobre as principais notícias de Tupã e região.

Instagram