unidade de hidratação

O delegado Sandro Resina Simões, de 54 anos, responsável pelo expediente da Delegacia de Polícia de Bastos, celebra uma marca significativa neste domingo, dia 16 de julho de 2023: 30 anos de dedicação à carreira policial.

Formado em Direito pela Faculdade de Direito da Alta Paulista em 1991, dr. Sandro é um profissional experiente e especializado em Direito Penal e Direito Processual Penal, pela Fundação de Ensino Eurípedes Soares da Rocha, atual Centro Universitário UNIVEM, concluído em 2004. Desde então, ele tem servido como Delegado de Polícia no Estado de São Paulo, iniciando sua jornada em 16 de julho de 1993.

Os primeiros cinco anos de sua carreira foram desempenhados na cidade de São Paulo. Inicialmente, atuou na Delegacia de Polícia do Metropolitano, localizada no Terminal Rodoviário do Tietê. Posteriormente, ele foi transferido para o 90º Distrito Policial, situado no Parque Novo Mundo, e, por fim, para o 13º Distrito Policial, na Casa Verde. Todos esses cargos estão localizados na Zona Norte da capital.

Em 1998, atendendo a um pedido pessoal, o delegado foi transferido para o interior do estado de São Paulo. Ele assumiu a titularidade da Delegacia de Polícia do município de Luiziânia, onde também acumulou a responsabilidade pelas delegacias das cidades vizinhas, como Alto Alegre, Santópolis do Aguapei, Clementina, Piacatu, Bilac, Gabriel Monteiro, Brauna, Auriflama, Guzolândia e Araçatuba.

No final de 2005, outra transferência foi solicitada por dr. Sandri, e ele foi designado como Adjunto na Delegacia de Polícia de Investigações Gerais (DIG) de Tupã. Durante esse período, também acumulou o expediente das delegacias das cidades de Herculândia, Quintana e Bastos, além de ser responsável pela Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher e pela Cadeia Pública da cidade de Tupã.

De maio de 2010 a setembro de 2018, foi titular da Delegacia de Polícia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de Tupã, simultaneamente com a titularidade da Delegacia de Polícia de Bastos. Nesse período, ele também coordenou o Centro de Inteligência Policial (CIP) e foi membro dos Grupos Anti-Sequestro e de Operações Especiais, todos vinculados à Delegacia Seccional de Polícia de Tupã.

Desde setembro de 2018, o delegado ocupa o cargo de titular do Primeiro Distrito Policial de Tupã, ainda acumulando a titularidade da Delegacia de Polícia do município de Bastos.

Ao longo de sua carreira na Segurança Pública, frequentou quase uma centena de cursos, simpósios e programas oferecidos pela Polícia Civil, pelo Ministério da Justiça, por meio da Polícia Federal, bem como pela Secretaria Nacional de Justiça.  

  • Especialização sobre Registro Digital de Ocorrência (RDO)
  • Atualização sobre Medidas Cautelares Lei n.º 12.403/2011
  • Especialização em Entradas Táticas, Técnicas de Lanternas e Abordagem Policial
  • Especialização em Inteligência Policial
  • Especialização em Investigação sobre Crimes de Extorsão Mediante Sequestro
  • Especialização em Investigação sobre Tráfico de Seres Humanos
  • Atualização em Armamento e Tiro para Pistola Semi-automática IMBEL MD6 Calibre .40
  • Especialização em Armamento e Tiro para Habilitação em Carabina e Submetralhadora TAT I
  • Especialização em Investigação dos Delitos de Tráfico de Entorpecentes
  • Especialização em Procedimentos Operacionais na Investigação de Crimes Cibernéticos
  • Especialização sobre Conselhos Comunitários de Segurança
  • Treinamento em Armamento e Tiro no Nível de Habilitação Operacional OP I
  • Treinamento em Armamento e Tiro no Nível de Habilitação Operacional OP II
  • Treinamento em Armamento e Tiro no Nível de Habilitação Operacional OP III
  • Atualização sobre a nova Lei de Combate ao Crime Organizado Lei n.º 12.850/2013
  • Atualização sobre Ferramentas Tecnológicas Utilizadas na Investigação Policial
  • Especialização em Investigação sobre Crimes de Lavagem de Dinheiro
  • Especialização sobre o Código de Trânsito Brasileiro
  • Especialização sobre Polícia Civil e a Imprensa
  • Especialização sobre Procedimentos Operacionais Padrão para Preservação dos Vestígios Papilares e Provas no Inquérito Policial
  • Treinamento em Gestão de Atendimento ao Público
  • Especialização no Sistema Ethos
  • Inteligência Policial voltada para Grandes Manifestações e Meio Ambiente
  • Aspectos práticos da Lei 12.850, que define Organização Criminosa e dispõe sobre a investigação criminal, os meios de obtenção da prova, infrações penais correlatas e o procedimento criminal
  • Especialização sobre o Sistema Detecta – módulo 1
  • Especialização sobre o Sistema Inquérito Policial Eletrônico
  • Condutores de Veículos de Emergência
  • Especialização em Coleta de Prova por Meio de Escuta Especializada e Depoimento Especial.

Recebeu Moções de Congratulações e Votos de Aplauso da Prefeitura Municipal de Santópolis do Aguapeí (2000) e nas Câmaras Municipais de Irapuru (1999), Santópolis do Aguapeí (2000), Luiziânia (2002 e 2005), Bastos (2014) e Tupã (2006, 2014 e 2017). 

Foi agraciado com cinco elogios funcionais do Delegado-Geral de Polícia do Estado de São Paulo, devidamente aprovados pelo Conselho da Polícia Civil (anos 2006, 2013, 2015 e 2016), os quais foram publicados no Diário Oficial do Executivo – Seção I, conforme Portarias DGP n.ºs 43/2006, 12/2013, 07/2013, 39/2015 e 38/2016.

Por duas vezes teve um Relatório Final de Inquérito Policial escolhido pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Polícia Judiciária – NPEPJ da Academia de Policia, como “Melhor Peça de Polícia Judiciária do Estado de São Paulo” (2013 e 2014).
 

Santa catarina

Compartilhe:

Receba Notícias do TupãCity pelo Whatsapp


Participe dos nossos grupos

Fique informado em tempo real sobre as principais notícias de Tupã e região.

Instagram