HUM TUPÃ

A Polícia Civil de Marília (SP) apreendeu, na quarta-feira (19), 1,2 mil unidades de K4, droga sintética, cujo efeito é 100 vezes maior do que o da maconha.

Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão, os entorpecentes foram encontrados em uma casa, localizada na zona norte da cidade, onde vivia uma mulher de 58 anos.

Os policiais também encontraram, no local, papéis com anotações e outros materiais, o que indica que a residência pode ser ponto de tráfico de drogas.

De acordo com o delegado João Carlos Domingues, da Delegacia Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), essa é a primeira vez que a droga é apreendida nas ruas da cidade.

A suspeita foi presa em flagrante por tráfico de drogas e esta à disposição da justiça.

100 vezes mais potente

K2, K4, K9, Spice ou Space: droga sintética é vendida na forma de erva seca ou borrifada em papel — Foto: TV Globo/Reprodução

K2, K4, K9, Spice ou Space: droga sintética é vendida na forma de erva seca ou borrifada em papel — Foto: TV Globo/Reprodução

Antes mais restrita aos grandes centros urbanos, as drogas K - conhecidas como K2, K4, K9 e spice - surgiram em laboratórios no início dos anos 2000 e têm como base os canabinoides sintéticos, substâncias que simulam ou têm uma reação muito parecida com o THC, que é o princípio ativo da maconha.

No entanto, o termo "maconha sintética" é errado, segundo especialistas. Nessas drogas, embora o canabinoide feito em laboratório se ligue ao mesmo receptor do cérebro que a maconha, a sua potência é até 100 vezes maior. O Governo de São Paulo diz que os efeitos da droga podem ser piores do que o crack.

cabonnet

Compartilhe:

Receba Notícias do TupãCity pelo Whatsapp


Participe dos nossos grupos

Fique informado em tempo real sobre as principais notícias de Tupã e região.

Instagram