Paineira Tupã


Soldados israelenses em uma área ao longo da fronteira com Gaza/foto: EFE/EPA/ABIR SULTAN

O Ministério da Defesa de Israel afirmou na manhã desta quarta-feira (11) que há brasileiros entre as vítimas dos sequestros organizados pelo grupo terrorista Hamas dentro do território israelense no último final de semana. O porta-voz do Exército israelense, Jonathan Conricus, não detalhou o número de reféns em poder do Hamas, no entanto a estimativa divulgada na imprensa internacional faz referência a centenas de pessoas capturadas.

“Dezenas de israelenses foram capturados pelo Hamas e estão em Gaza, muitos deles com dupla nacionalidade. Então isso se tornou um problema para além de Israel, é algo que preocupa diversos países do mundo. Nós temos americanos, ingleses, franceses, alemães, italianos, brasileiros, argentinos e mais”, disse.

Nesta terça-feira (10), foram confirmadas as mortes de dois brasileiros que estavam em um festival de música a poucos quilômetros de Gaza: o gaúcho Ranani Nidejelski Glazer e a carioca Bruna Valeanu. Outra brasileira, a carioca Karla Stelzer Mendes, segue desaparecida após o ataque do Hamas.  

Em entrevista à emissora americana CNN, o embaixador do Brasil em Israel, Frederico Meyer, afirmou que ainda não há informações oficiais a existência de reféns brasileiros do Hamas em Gaza. “Nós não temos nenhuma informação oficial sobre o assunto. Pedimos uma resposta ao governo israelense e estamos aguardando”, disse.

O número de mortos em Israel devido ao ataque surpresa de sábado dos terroristas ultrapassou nesta quarta-feira (11) os 1.200, com outras 3.000 pessoas feridas. Em Gaza, os bombardeios israelenses já deixaram 1.055 mortos e pelo menos 5.184 feridos.

Negociações entre Brasil e Egito

O governo brasileiro começou a negociar com o Egito a possibilidade de formação de um “corredor humanitário” para a libertação de brasileiros que estão na Faixa de Gaza.

A operação, que conta com mediação da ONU e da OMS, permitiria a saída de pessoas da região, que sofre ataques da contraofensiva israelense após o início da guerra contra o Hamas, e também facilitaria o envio de ajuda para a população palestina.

Segundo dados do Itamaraty, há 14 mil brasileiros residentes em Israel e cerca de seis mil na Faixa de Gaza, dos quais cerca de 50 solicitaram a evacuação da região.

Brasileiros resgatados chegam ao país

O primeiro voo de repatriação de 211 brasileiros resgatados em Israel pousou em Brasília na madrugada desta quarta (11), por volta das 4h07, após uma viagem de cerca de 14 horas.

O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) partiu de Tel Aviv com atraso na tarde de terça (10), em meio a alertas de ataques do grupo Hamas contra a capital israelense.

Paineira Tupã

Compartilhe:

Receba Notícias do TupãCity pelo Whatsapp


Participe dos nossos grupos

Fique informado em tempo real sobre as principais notícias de Tupã e região.

Instagram