dengue

Polícia Civil de Iacri resolveu o caso de homicídio ocorrido na zona rural de Iacri no último dia 30 de dezembro. Após trabalho de investigação para sobre a morte de Sérgio Caetano da Silva, de 31 anos, a Polícia identificou o suspeito do crime, como sendo um homem de 28 anos, desempregado e natural de Mombaça (CE). Ainda de acordo com a Polícia Civil, ele foi preso na casa de sua própria mãe.

Outras cinco pessoas que participaram das agressões contra a vítima responderão pelo mesmo crime na medida de sua culpabilidade. Um veículo utilizado na fuga dos agressores foi apreendido para ser periciado”, conforme informou o delegado Welington Ubiratã de Lima.

A Polícia Civil de Iacri informou ainda que: “O crime de homicídio qualificado, pelo recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido, prevê a pena de 12 a 30 anos de reclusão”, ressaltou o delegado titular do município de Iacri Welington Ubiratã de Lima, ressaltando que os investigados: “Todos confessaram a participação no crime”.

O caso

Homem morre em briga generalizada após festa em Iacri/Foto: reprodução redes sociais

Sérgio Caetano da Silva, de 31 anos, foi morto ao se envolver em uma briga após uma festa em um restaurante, em Iacri (SP). O caso foi registrado na noite 30 de dezembro.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima, identificada como Sérgio Caetano da Silva, de 31 anos, foi encontrada com várias perfurações de faca pelo corpo. Foram encontrados um canivete e dois pedaços de pedra, um dos quais com manchas de sangue, ao lado do corpo.

À polícia, testemunhas contaram que a briga generalizada começou após o fim da festa que houve no restaurante. A confusão, segundo a proprietária do estabelecimento, teve início do lado de fora do local, mas os envolvidos pularam o portão para dentro da propriedade. Ela não soube informar o número de pessoas que se envolveram na briga.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Iacri como homicídio qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido. A polícia busca identificar os suspeitos do crime.

HUM TUPÃ

Compartilhe:

Receba Notícias do TupãCity pelo Whatsapp


Participe dos nossos grupos

Fique informado em tempo real sobre as principais notícias de Tupã e região.

Instagram