unidade de hidratação

Em 2024, o Brasil enfrenta um grave surto de dengue, com um número alarmante de casos e óbitos registrados. Segundo dados do Ministério da Saúde, já foram confirmadas 1.601 mortes decorrentes da doença, além de 3.535.314 casos prováveis apenas este ano, marcando o maior número de óbitos desde o início do século.

O registro de casos prováveis também atinge patamares preocupantes, sendo o maior desde o ano 2000, ficando atrás apenas do recorde de 2015, quando foram contabilizados 1.688.688 casos. Além disso, há 2.061 óbitos em investigação para determinar se estão relacionados à arbovirose, conforme dados do painel de Monitoramento de Arboviroses divulgados nesta sexta-feira (19).

Os índices de letalidade variam, com 0,05 para casos prováveis e 4,35 para casos graves. A incidência da doença é de 1.741,0 por 100 mil habitantes. A distribuição por gênero mostra que 44,8% dos infectados são homens e 55,2% são mulheres.

O grupo mais afetado pela dengue é o de pessoas com idade entre 20 e 29 anos, com predominância das mulheres, totalizando 358.430 casos. Minas Gerais é o estado mais impactado, com 1.099.554 casos prováveis, seguido por São Paulo, com 814.456 casos, e Paraná, com 354.545 registros.

unidade de hidratação

Compartilhe:

Receba Notícias do TupãCity pelo Whatsapp


Participe dos nossos grupos

Fique informado em tempo real sobre as principais notícias de Tupã e região.

Instagram