Paineira Tupã

Os trabalhadores dos Correios do Rio de Janeiro, São Paulo, Maranhão e Bauru, em São Paulo, desistiram de entrar em greve na noite desta quinta-feira (23). O anúncio da desistência foi feito na véspera da Black Friday, data em que se espera um aumento no trânsito de mercadorias no país, devido aos grandes descontos.

O presidente da empresa, Fabiano Silva, garantiu nesta quinta (23) que a situação já foi resolvida. “O acordo coletivo já havia sido fechado há dois meses. Ajustamos alguns itens pontuais de redação para agradar a todos. Assim, tudo funcionará normalmente, não há qualquer perspectiva de paralisação nesta sexta”, afirmou em entrevista aos jornalistas.

Os sindicatos aceitaram a proposta da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos apresentada no final da tarde de quarta-feira e aprovada em assembleia dos trabalhadores na noite passada.

De acordo com a Findect, a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios, a empresa atendeu as reivindicações da categoria e enviou para os sindicatos um termo aditivo, se comprometendo a fechar um acordo, no próximo dia 28, para que os trabalhadores desistissem da greve.

Entre as cláusulas do documento, estão o reajuste salarial de 3,53% a partir de janeiro de 2024, reajuste no Vale Refeição,  a concessão de um vale extra no valor de R$ 1,5 mil  no dia 15 de dezembro, e a antecipação de 50% do décimo terceiro para aqueles que optarem em receber a gratificação natalina no seu período de férias, de janeiro a novembro.

Segundo os Correios, há uma expectativa de aumento de 8,18% no volume de postagens na Black Friday, em comparação com 2022.

dengue

Compartilhe:

Receba Notícias do TupãCity pelo Whatsapp


Participe dos nossos grupos

Fique informado em tempo real sobre as principais notícias de Tupã e região.

Instagram